2

Acompanhando e batalhando pelo crescimento deste segmento nos últimos anos em São Paulo, um grupo de presidentes de blocos de carnaval de rua acaba de anunciar a chegada de uma associação que pretende acompanhar, junto ao poder público, a PL que oficializa o carnaval de rua de SP e, defender e assessorar os blocos que desfilam, legalmente, pelas ruas da Capital, a UBCRESP – União dos Blocos de Carnaval de Rua do Estado de São Paulo.

De acordo com o líder do novo órgão, Claricio Gonçalves, também responsável pelo bloco “Fuzuê”, a entidade pretende filiar e orientar os presidentes dos blocos quanto ao processo de legalização e inserção nos percursos de carnaval. “Vamos orientá-los quanto ao processo burocrático e também oferecer a eles a oportunidade de dar visibilidade e credibilidade ao seu bloco”, afirma Gonçalves.

img_0094

Com pouco tempo de atividade, o projeto já atraiu mais de 50 blocos e, inclusive, empresas interessadas em firmar parcerias. “Já contamos com empresas interessadas, inclusive para o carnaval 2017”, comenta o presidente. A entidade vai propor também, junto ao poder público, parcerias de incentivo e estimulo ao carnaval de rua do Estado de São Paulo, e implantar programas e projetos sociais, culturais e de sustentabilidade, todos voltados a qualidade de vida do cidadão.

“Uma das questões que mais nos intriga é sobre a quantidade de lixo gerado durante o carnaval, são toneladas espalhados pelas ruas e isso pode gerar muitos problemas urbanos e também soluções, afinal lixo é dinheiro, basta reciclar”, comenta Marcelo Azevedo, diretor de Marketing da UBCRESP.

Azevedo revela ainda que está em contato com o mercado corporativo para fazer alianças para o projeto de “Economia Circular”, que tem como principal objetivo pensar em um ambiente colaborativo com empresas de diversos setores, ONGs de reciclagem e presidentes dos blocos de carnaval.

Entre outras ações, haverá a conscientização sobre o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, os riscos de doenças sexualmente transmissíveis e utilização do espaço público com responsabilidade. Alguns CEOs se interessaram por essas questões e já se posicionaram a favor do projeto para o ano que vem com investimentos com foco cultural, social e ambiental.

img_0097

Dados divulgados este ano pela Prefeitura de São Paulo mostram que em 2015 foram seis semanas de carnaval, com a presença de aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, em 270 blocos de rua com infraestrutura da CET, do SAMU e das equipes voltadas para a questão das chuvas. Em 2016 foram contabilizados 355 blocos, 35% a mais do que no ano passado. Esses números mostram o crescimento da modalidade pelas ruas da cidade.

Do ponto de vista dos presidentes, a iniciativa é favorável e os ajuda a conquistar mais notoriedade entre foliões e parceiros. “Estou contente com essa novidade! Tenho um bloco de carnaval que desfila há 3 anos em São Paulo e não consigo organizar a parte burocrática e nem mesmo inserir meu percurso em um roteiro que seja legalizado e reconhecido”, comenta Márcio Sanches, organizador do bloco “Água na Boca”, que desfila em SP.

Na noite de ontem (26) os diretores da UBCRESP realizaram um encontro no salão nobre da Câmara Municipal de São Paulo para apresentar as iniciativas do projeto e também receber novos afiliados.

Comentários do Facebook

Carnaval de SP: ritmistas promovem campeonato de futebol

Previous article

Camisa anuncia o desligamento de seu intérprete

Next article

2 Comments

  1. O Carnaval de rua de São Paulo vem aumentando a cada ano. Este ano eu fui participar, mas ontem no dia de Carnaval, no último dia, estava totalmente desorganizado, aliás está desorganizado. Há uma vóz só nas ruas, pedindo para que se faça circuitos por onde devem passar os blocos, e que haja decoração. Circuito como Faria Lima, Augusta-Centro, Circuito Avenida Ipiranga, assim é a pedida e a conversa entre muitas pessoas, além de sugerirem também a Av, Rio Branco. Bom, são sugestões para melhorar.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like