0

Notícia atualizada em

A direção da Gaviões da Fiel entrou em contato com a equipe do Amantes do Carnaval de São Paulo para se posicionar quanto a um caso de homofobia ocorrido na última sexta-feira (10), na quadra da agremiação. O acontecimento tomou repercussão após uma postagem compartilhada no grupo do Amantes no Facebook.

Na publicação, uma mulher relata que foi expulsa da quadra da Torcida que Samba “porque estava acompanha de amigos gays. E ainda conta que foram atingidos por lixo”.

A direção da Gaviões relatou que “o caso não envolve componentes ou diretores da escola e sim uma espectadora que estava assistindo ao evento. Os dirigentes da fiel ainda prestaram suporte ao grupo no momento do ocorrido e pediram desculpas pela atitude que não faz parte da postura da agremiação”.

Nossa equipe tentou entrar em contato com os responsáveis pela publicação no Facebook, mas sem sucesso.

No próximo carnaval, a Gaviões da Fiel será a terceira escola a desfilar no sábado de carnaval, dia 22 de fevereiro, com o enredo “Um não sei que, que nasce não sei onde, vem não sei como e explode não sei porquê…”. O projeto será desenvolvido pelos carnavalesco Paulo Barros e Paulo Menezes.

Comentários do Facebook

Veja imagens do primeiro ensaio técnico da Flor de Vila Dalila

Previous article

De SP para o mundo: Camila Silva é eleita rainha do Carnaval 2020 do RJ

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like