0

A noite de domingo (1) foi de festa e quadra cheia na Mocidade Alegre. A agremiação realizou a última etapa de seu concurso de samba-enredo e escolheu o hino que embalará o sonho pela décima primeira estrela no Grupo Especial. O evento contou com presença de diversos simpatizantes e os variados setores da ‘Morada do Samba’.

Biro Biro, Fabio Souza, Luis Jorge, Maradona, Rafa do Cavaco, Ratinho, Silas Augusto, Turko e Zé Paulo Sierra foram os vencedores da competição e concorreram com outras quatro parcerias. O time vencedor vai cantar o enredo “Do canto das Yabás renasce uma nova Morada”, que leva assinatura dos carnavalescos Paulo Brasil, Márcio Gonçalves e Edson Pereira.

Comunidade da Mocidade – Foto: Felipe Silva / Amantes do Carnaval de São Paulo

De acordo com a direção da Morada, o projeto levará para avenida o canto de esperança para que a humanidade melhore e retome sua conexão com Olorum, o criador do mundo, e a Terra volte a ser um paraíso. Através da força das Yabás (Orixás femininos) o planeta pode deixar de ser destruído junto das atitudes humanas que caminham para o caos.

Ouça o novo samba-enredo da Mocidade Alegre:


Olorum supremo criador do universo
Teus olhos sofrem com meus gestos
Oh meu senhor
Agô meu pai maior …tanto caos, destruição
No Aiyê o tambor vai ecoar
É preciso acreditar na força de Obatalá
Yaô bela menina …Yaô a esperança
Entregue nos braços de Yemanjá
Nas águas purificar…Odoya

Deusa do amor… Mamãe Oxum
Vento sopra traz a força de Oyá
Na pureza de Ewá um novo amanhã
A coragem vem de Obá, o saber vem de Nanã

Eh mulher ‘feita’ no poder da criação
Deságua no solo a chama sagrada
Soprando os segredos da renovação
Com a benção de Orum clareou, clareou
Ritual e feitiçaria, no Ayê um novo dia
Santuário que das cinzas ressurgiu
Natureza em harmonia então sorriu
Lá vem elas… Guerreiras
Poderosas Yabás … Carregadas de axé
Nossa Morada renascerá

Yabá cantou o chão estremeceu
O corpo arrepiou, a lágrima correu
Oh mãe rainha te ofereço na avenida
A Mocidade emoção da minha vida

Em 2019, a Mocidade Alegre conquistou a 8ª posição no Especial com uma lenda indígena do Rio Amazonas, ‘Ayakamaé’. Na festa de lançamento do tema do ano que vem, a presidente Solange comentou que essa foi primeira apuração no qual ela torceu para não ser rebaixada.

Identidade visual 2020 da Mocidade – Divulgação

Comentários do Facebook

Samba em homenagem ao cantor Jair Rodrigues será anunciado em setembro

Previous article

Galeria de fotos da final de samba da Mocidade Alegre

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like