Eliminatórias – Unidos do Peruche

No Carnaval 2017 a tradicional Unidos do Peruche vai desfilar pelo Grupo Especial de São Paulo com o enredo “A Peruche no maior axé exalta Salvador, cidade da Bahia, caldeirão de raças, cultura, fé e alegria”, e nossa equipe recebeu alguns sambas concorrentes para as eliminatórias da agremiação, confira:


Compositores: Rodrigo Bola, André Ricardo, André Luis, Rodrigo Atração, Carlinhos Barbosa, Japonés, Thiago SP, Ricardo Pais, Edson Lis e Tigrão. Interprete: André Luis. ELIMINADO

[toggle title=”Veja a Letra” state=”close”]O mar, ô o mar
em suas ondas uma história de amor
o balanço da maré, trouxe o navegador
que encontrou no paraíso a paixão
foi a índia, que flechou seu coração
da mistura de raças, nasce o povo guerreiro
no caboclo corre sangue brasileiro
liberdade, liberdade
a força dessa cidade
raiz de todo bem
pra quem é de axé, pra quem é de amém

É gira no terreiro, reza no altar
tem festa de santo, xirê de orixá 
a luz que me guia, estende a mão 
Senhor do Bonfim, é fé e devoção 

Eh…. baiana, no tabuleiro tem o que?
meu rei… chamego, pimenta e dendê
se plante menino que lá vem rasteira
berimbau anunciou… “capoeira “(bis)
praia, poesia da minha canção
é arte, é cultura, esse caldeirão
pura explosão de cor e alegria
nos blocos a folia contagia
ôôô vou batendo o tambor
ôôô, a bahia me chamou

Ajayô, “ó paí” quem chegou
o batuque que vem de lá do “pelô”
atrás do trio, com a Peruche eu vou
oxi mainha, a filial é salvador![/toggle]


Compositores: Toninho Penteado, Nando do Cavaco, Denis Patolino, Émerson Brasa, Denny Gomes, Sérgio VJS, Marcelo Vila Ilza, Diley Machado e André Filosofia. Intérprete: Toninho Penteado – ELIMINADO

[toggle title=”Veja a Letra” state=”close”]Desce a Ladeira iá, iá, desce a Ladeira iô iô
Dançando Axé em Salvador
E no Pelô bate o Tambor:
“Avisa Lá” que a Peruche chegou! 

Cenário de lendas e paixões
Paraíso tropical: o encanto nos olhos do Navegador!
Na obra genial do Criador
O tempo faz surgir a miscigenção
O negro resistiu à crueldade
“Cidade dos fortes”: seu povo é guerreiro!
Na luta pela liberdade

Saravá, Saravá essa terra tem magia
Iemanjá, Odoyá é quem me guia
Salve Mãe Menininha, “pra” quem tem fé
Irmã Dulce, “Anjo bom”, que Mulher!

“Meu Rei!” vem provar o tempero
Ver as delícias que a baiana preparou
Na ginga da capoeira
Neguinho não leva rasteira
A arte pelo mundo se espalhou
Gostosa é a brisa do mar,
Cair no frevo de Dodô e Osmar
Ora ye ye ô, Filhos de Gandhi, Ilê Aye
Nesse caldeirão cultural Timbalada e Olodum:
Vem agitar o Carnaval![/toggle]


Compositores: Ademir Sintonia, Tio Helio sintonia, Afonso Coelho, Levi sintonia e Thiago Valente. Interprete: Grupo sintonia – ELIMINADO

[toggle title=”Veja a Letra” state=”close”]No axé de Salvador a visão do paraiso
legado de cultura, alegria e fé
é magia ô em todo canto
salve a Bahia de todos os santos

Meu rei, rompeu trovão, Caramuru chegou!
Paraguaçu ao europeu se aninhou
e a raiz de um novo povo brotou
e nesse encontro de raças
a mãe África do peito negro não saiu
e junto com o caboclo valente lutou
pela quebra das correntes
a liberdade do povo chegou
pelas mãos de valorosa gente

Sr. Oxóssi dá licença que também vou festejar
São João e Santo Antonio
ibejada vem brincar
dia 2 de fevereiro flores para Iemanjá

Com as bênçãos de nosso Senhor do Bonfim
vou lavar a escadaria, minha fé vou renovar
no congá de menininha ô, salve todos Orixás!

Êêê  baiana vou provar acarajé, caruru e vatapá
nas praias vou me banhar
jogar capoeira subir o pelô…
que brota arte em cada pedra deste chão
berço da tropicália, nave da revolução

Invasão de alegria, na batida do tambor
no pulsar da bateria, sacudindo Salvador
maravilha de se ver, todo povo festejar
sou negro, Peruche,  com São Salvador a abençoar[/toggle]


SAMBA 7 – Compositores: Shumacker, Maurício Pito, Fredy Vianna, Felipe Mendonça, Darlan Alves e Marcelo Casa Nossa. Intérpretes: Gilmelândia, Fredy Vianna e Darlan – ELIMINADO

[toggle title=”Veja a Letra” state=”close”]Bota pra ferver, baiana!
nesse caldeirão a magia o amor
derramando axé,
vai minha Peruche rumo à Salvador!

O mar, quando beijou a areia,
trouxe uma lenda, um forasteiro a navegar.
um clarão no céu o fez caramuru
amor nos olhos de paraguassu.
a lua sobre as águas viu partir uma paixão
moema se afogou na solidão.
paraíso de cenário, a mistura das raças
traz também a dor da escravidão,
negro resistiu. preservou a cultura
da tristeza, sorriu!
caboclos, ‘cidade de fortes’, mulheres guerreiras
de fibra e coragem num só grito de liberdade!

Oxalá, tem batuque no terreiro!
do Bonfim, fiz meu santo padroeiro
eu vou subindo a colina
e, lá do farol, a luz do bem é quem me guia!

Deixa eu provar o seu tempero,
segredos do tabuleiro.
o que é que a baiana tem?
a ginga e a dança, capoeira!
a arte emana da ladeira
no chão do pelô, a alma e o valor…
a negritude que jamais se apagará
eu vou atrás deste trio, eu vou!
no toque do tambor,
meu povo traz a força ancestral
vai sacudir a filial![/toggle]


SAMBA 14 – Compositores: D’Xangô, Douglas Chocolate, Leo Reis, Juliano, Celsinho Mody, Guga Pacheco, Tio Do, Paulinho Sorriso e Marcio Zanato. Intérprete: Celsinho Mody – CAMPEÃO

[toggle title=”Veja a Letra” state=”close”]Vem do feitiço do mar o amor e a magia
Marejou moema…paraíso singular
A Bahia de todos os santos recebe o povo de além-mar
A origem desse povo, a mistura brasileira
Baiano, é calor no coração
Liberdade, nunca mais a opressão
Mulheres guerreiras…terço, arruda e guiné
Tem candomblé, nesse cortejo de fé

Oro mi má, oro mi maió
Valei-me nossa senhora, mãe do senhor do bonfim
Axé nos orixás
Me leva cidade d’oxum, me leva nos braços da paz

O tempero da baiana, tabuleiro de sinhá
Acarajé, caruru e vatapá
É de angola ê, é de angola
Negro joga capoeira, capoeira camará
N vai descendo a ladeira do pelourinho a cantar
Eu sou Peruche
Berço, território africano
Sou comunidade, atrás do trio eu vou
É Salvador

Firma o batuque no terreiro, que a filial vai passar
Bate o tambor mandingueiro, faz a baiana girar
Na proteção dos meus guias, carrego meu patuá
Samba iô iô, samba iá iá[/toggle]


ELIMINATÓRIAS 2017

Encaminhe sua obra concorrente para nossa equipe de comunicação. Os sambas estarão em uma editoria exclusiva, criada especialmente para as agremiações de São Paulo. Aceitamos áudio em formato MP3/MP4 e letra no e-mail: [email protected]

Comentários Facebook