ATUALIZADO EM: 8 de Janeiro de 2018 21:58

A Gaviões da Fiel realizou nesta sexta-feira a última etapa de seu concurso de samba-enredo e escolheu o hino que embalará seu tema 2018: “Guarus – Na aurora da criação, a profecia Tupi…Prosperidade e paz aos mensageiros de Rudá”. A obra foi escrita pelos compositores Luciano Costa, Bruno Muleke, Totonho, Alex, Fabio Palácio, Neto, Reinaldo Júnior e Fadico.

O evento que definiu a canção começou por volta da meia noite com a tradicional abertura e, neste momento, a direção da agremiação ofereceu ao público um show realizado por seus departamentos, incluindo bateria ‘Ritmão’, casais de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, ala de baianas e outros setores. Todos dançaram e cantaram ao som dos intérpretes da casa.

Logo em seguida foi a vez das três parcerias finalistas subirem ao palco, uma após a outra, para defenderem, pela última vez, suas composições. As equipes capricharam no figurino e não pouparam investimento em recursos que trouxeram brilho e descontração durante as performances. Os torcedores portavam bexigas, faixas e cartazes que completaram o espetáculo. Cada grupo teve direito a vinte minutos em cima do palco, sendo cinco deles cantando no gogó e quinze ao som dos ritmistas.

Para embalar a festa e guardar a ansiedade dos poetas e componentes da Fiel, todos acompanharam uma apresentação feita pelas escolas de samba X-9 Paulistana e Grande Rio (RJ). As duas entidades lotaram a quadra social da Gaviões e trouxeram bateria, ala de cantores e seus demais quesitos.

Terminadas as apresentações, aconteceu a famosa despedida do samba do ano anterior e, em seguida, foi a vez da ala musical da casa voltar ao palco e fazer todo mundo conhecer o samba que defende o projeto desenvolvido pelo carnavalesco estreante, Sidnei França.

Logomarca do enredo 2018 da Gaviões da Fiel:

 

Comentários Facebook

COMENTE

Deixe sua mensagem
Por favor insira seu nome