0

Por Felipe Cruz
Com a colaboração de Cidmara Formenton, Hugo Vicunha e Guilherme Queiroz

O terceiro e último ensaio técnico da escola de samba Vai-Vai, realizado nesta sexta-feira (17), começou com um discurso inflamado do presidente Neguitão. O líder da casa agradeceu a presença do grande público presente nas arquibancadas e também falou do respeito às manifestações relacionadas ao Candomblé. Antes de entrar na avenida, o time de canto relembrou os hinos que marcam a história da agremiação que lidera o número de títulos do Grupo Especial de São Paulo. São quinze campeonatos.

Com o tema de enredo: “No Xirê do Anhembi, a Oxum mais bonita surgiu… Menininha, mãe da Bahia – Ialorixá do Brasil”, desenvolvido pelos carnavalescos Alexandre Louzada, André Marins e Júnior Schall, a entidade realizou mais um forte ensaio. Com alas muito bem treinadas e componentes cantando forte o samba dos compositores Edegar Cirillo, Marcelo Casa Nossa, André Ricardo, Dema, Leonardo Rocha e Rodolfo Minuetto.

Na passarela, os casais de mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente e a bateria “Pegada de Macaco” não pouparam esforços e fizeram uma bela apresentação. Como sempre acontece nos ensaios técnicos do Vai-Vai, uma legião de simpatizantes acompanharam a escola após a passagem da última ala.

Nossa equipe conversou com o diretor geral de harmonia, Penteado, para falar sobre o desempenho dos quesitos evolução e harmonia durante esses ‘técnicos’ realizados. Ouça a entrevista:

Comentários do Facebook

Galeria de fotos: ensaio técnico Mocidade Alegre

Previous article

Galeria de fotos: ensaio técnico Vai-Vai

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

More in Enredos 2017