Home / Memória do Samba / O bastidor de um destaque de alegoria

O bastidor de um destaque de alegoria

A riqueza nos detalhes de uma fantasia de destaque encanta e fascina milhares de espectadores que assistem a um desfile de escola de samba. Uma imensa quantidade de elementos fazem com que a roupa ganhe visibilidade na avenida. Um verdadeiro espetáculo de luxo e criatividade.

O Amantes do Carnaval de São Paulo conversou com Rodrigo Santos, atual destaque da Sociedade Rosas de Ouro, para saber a respeito dos bastidores e do processo de produção da roupa utilizada no desfile.

Rodrigo é Analista de Treinamento, começou a desfilar em 1992 pela Unidos do Peruche como passista de Ala. Foi semi-destaque pela primeira vez em 1996 no abre-alas da agremiação e passou a ser destaque oficial em 2001 pela Morro de Casa Verde e também na Rosas de Ouro. De 2002 à 2015, Rodrigo roubou flash’s nos Carros da Roseira e da Peruche.

Confira a entrevista:

1-Como funciona o processo de idealização da fantasia?

De acordo com a escolha do enredo da escola, o carnavalesco elabora o figurino de acordo com tema e repassa para o destaque.

2-Qual o tempo de confecção e quantas pessoas são envolvidas?

A confecção inicia-se de acordo com a entrega do figurino que corresponde a 5 meses antes do carnaval, o tempo de preparo é de aproximadamente 4 meses, de forma tranquila e no máximo são envolvidas 3 pessoas (ferreiro, sapateiro, auxiliar e o titular).

3-Quanto um destaque gasta em média com sua fantasia?

Depende de cada destaque a utilização do material, na confecção de nossas roupas o custa é alto de aproximadamente 33 mil reais, totalizando em média 35 a 40 mil na finalização de acordo com figurino.

4-Quanto ao posicionamento no carro, existe algum acordo?

O posicionamento no carro, fica a critério da necessidade da escola de samba, na questão de favorecimento, ocorre de acordo ao tempo de escola e históricos anteriores.

5-No dia do desfile, você chega com quantas horas de antecedência ao sambódromo?

No dia do desfile, chegamos com várias horas de antecedência conforme o horário do desfile, que corresponde no minimo 4 horas. E normalmente a escola posiciona o destaque 1 hora antes de entrar.

6-Explique a emoção de entrar na avenida como destaque?

A emoção acaba sendo imensurável, muito nervosismo, ansiedade, tremor e emoção, porém quando a escola entra o retorno do publico é gratificante, através de aplausos, acenos e fotos.

 

NENO MONTAGEM OFICIAL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No Carnaval 2015 ele foi destaque do último carro da Roseira, ao lado de Moacir Moura, que também é destaque e faz dupla com Rodrigo há muitos anos. Todos os destaques de alegoria de São Paulo contam com a ajuda da Associação dos Destaques das Escolas de Samba do Estado de São Paulo, a ADESP, que atua na folia paulistana há 15 anos.

 

 

Sobre Felipe Cruz

mm
Jornalista responsável e editor chefe do site Amantes do Carnaval de São Paulo. (MTB 63803).

Veja também!

Bateria mirim: o futuro garantido de uma escola de samba

Conheça os pequenos que são feras no ritmo.

2 comentários

  1. Nossa! Achei o máximo essa entrevista, Presidente!

  2. Queremos agradecer a todos envolvolvidos nesse maravilhoso canal de comunicação, e deixar registrado nosso sinceros agradecimentos e consideração com a equipe de destaques do carnaval de São Paulo. Muitoooo Obrigado!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *