0

“Je suis Vai-Vai. Bem Vindos a França”, foi com esse enredo, desenvolvido pelos carnavalesco cariocas Renato Lage e Márcia Lage, que a atual campeã Vai-Vai passou pela passarela do samba na madrugada deste domingo (7). A saracura fez um grande desfile e comoveu todas as arquibancadas, que balançavam bandeirinhas com o nome da escola.

O tema viaja no tempo e mostra os costumes e os principais pontos turísticos existentes em um dos países mais ricos da Europa, a França.

IMG_6606

A concentração ficou pequena para a quantidade de jornalistas e alguns curiosos que também apreciaram o recado passado pelo presidente Neguitão, que agradeceu aos patrocinadores e em seguida passou o microfone para o intérprete Wander Pires, que começou a cantar o samba 2016 dos autores Zeca do Cavaco, Zé Carlinhos, Ronaldinho FDQ e Dodo Monteiro.

 VÍDEO COM A LARGADA DA VAI-VAI

A comissão de frente, “Os saltimbancos franceses no sambódromo” veio com um belo figurino e alguns membros utilizaram um elemento alegórico. O primeiro casal, Pingo e Paula, bailou com uma fantasia nas cores azul e preto. A ala de baianas, estavam logo atrás vestidas de Monalisa. O gigantesco carro abre-alas “Paris, cidade luz” trazia o nome da escola e diversos pontos turísticos franceses, entre eles uma réplica da torre Eiffel.

IMG_9736

IMG_9749

A bateria “Pegada de Macaco” mostrou irreverência e agitou todas as arquibancadas. O segundo carro trouxe esculturas e fantasias que remetiam ao espetáculo francês mundialmente conhecido, “Moulin Rouge”. Já a terceira alegoria relembrou os cabarés e a noite agitada do país. As fantasias da escola respeitaram os pilotos apresentados na quadra e vieram com muito bom gosto e sofisticação.

IMG_9787

A quarta alegoria fez referência às grandes invenções que aconteceram no país europeu, como o balão e o 14Bis. Todos os componentes cantaram com vigor a letra do samba-enredo; não foram notados problemas de harmonia em nenhum trecho da avenida. O quinto carro trazia uma homenagem à Semana de Arte Moderna, incluindo uma representação de Abaporu, de Tarsila do Amaral. A escola da Bela Vista terminou seu desfile sob muitos aplausos, sem problemas de evolução.

Nossa equipe falou com o vice-presidente da agremiação, Thobias, para avaliar o desfile da Vai-Vai, ouça:

 

 

Comentários do Facebook

Mocidade exalta ancestral para contar a história do samba

Previous article

Dragões aposta em surpresas para tentar o título

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like