6

O projeto de Lei de número 175/2017, que visa proibir a participação de crianças e adolescentes nos desfiles de escola de samba no carnaval do Município de São Paulo foi retirado da pauta hoje (19). O assunto causou grande repercussão entre os sambistas em 2017 após nota divulga pelo site “SRzd”.

A equipe de reportagem do Amantes do Carnaval entrou em contato com a Câmara Municipal de São Paulo e de acordo com a assessoria de imprensa da vereadora e autora do PL, Rute Costa (PSB), o documento passou pela CCJ, seria votado, mas, à pedido da própria vereadora, foi retirado por conta de alteração de alguns textos e substitutivos.

“As mudanças serão feitas de acordo com parâmetros que estão sendo avaliados junto ao Estatuto da Criança e do Adolescente e posteriormente poderá ser votado.  Rute estuda outras questões pertinente aos textos para que as escolas não se sintam atacadas ou achem que se trata de preconceito”, destacou a assessoria.

Os representantes da vereadora disseram que receberam, em 2017, alguns representantes da Vai-Vai e de outras duas escolas que entenderam o texto e não os procuraram mais.

A vereadora alega que existe apenas autorização para que os pais e responsáveis possam levar as crianças para a plateia e não aos desfiles,  e ainda destaca que não é contra a cultura, não existe preconceito relacionado ao carnaval ou religião, e a PL existe por conta de desobediências às regras do ECA.

“Ela se reunindo com os próprios sambistas, talvez seja prudente viabilizar a presença dos menores em outro horário, mais cedo, pois esse horário atual o Estatuto não permite. O que nos preocupa é a nudez, exposição de bebidas e suas publicidades”.

O direção da escola de samba Nenê de Vila Matilde concedeu ao Amantes uma cópia da autorização entregue aos pais e responsáveis das crianças que desfilam na entidade e destacou que este ano o Ministério Publico solicitou à Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo o envio de um formulário às agremiações também pedindo informações dos menores.

Clique aqui para ler o Projeto de Lei 175/2017

 

 

 

Comentários do Facebook

Mancha Verde exibe troféu e faz show em faculdade particular

Previous article

Império de Casa Verde divulga renovações para 2020

Next article

6 Comments

  1. nossa que maravilha,hein carnaval virou de playba😱

  2. Essa vereadora tem “pobrema”

  3. Não vejo problema algum de criancas desfilarem,des que esteja com seus pais ou autorização,melhor do que ficar no meio de funk

  4. Na verdade está na pauta de amanhã de audiência pública e não de votação

  5. TEM QUE DAR JEITO NAS ESCOLAS DAS CRIANÇAS, DAR ASSISTÊNCIA MÉDICA DE QUALIDADE, ENSINO DE QUALIDADE, MODERNIZAÇÃO DAS AULAS COM EQUIPAMENTOS ATUAIS . MAIS LOCAL DE LAZER . AO ADOLESCENTE DAR OPORTUNIDADE DE CONSEGUIR O PRIMEIRO EMPREGO . TIRAR OS JOVENS DE ÁREA DE RISCO E SE FOR FICAR FALANDO DE TUDO QUE O JOVEM E O O ADOLESCENTE PRECISA,FICARIA UMA SEMANA ESCREVENDO. AGORA PROIBIR QUE CRIANÇAS e ADOLESCENTES PARTICIPAREM DE UMA MANIFESTAÇÃO POPULAR E UM ABSURDO! …
    AS CRIANÇAS APRENDEM PARTE DA HISTÓRIA DO MUNDO ATRAVÉS DE UM ENREDO E COLOCADO NA AVENADA EM FORMA DE SAMBA ENREDO E FAZENDO COM QUE ELES FAÇAM PARTE DA HISTÓRIA COM MUITA ALEGRIA. ALEM DA ATENÇÃO POR PARTE DE UMA ESCOLA DE SAMBA COM AS CRIANÇAS, VELHA GUARDA E BAIANAS QUE SÃO PRIORIDADE.
    ALGUMAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES PASSAM O ANO INTEIRO DENTRO DE UMA QUADRA DE ESCOLA DE SAMBA PARTICIPANDO DE PROJETOS SOCIAIS QUE SÃO OFERECIDOS PARA TODA COMUNIDADE DO BAIRRO.
    TEM ESCOLAS DE SAMBA QUE TEM AULAS DE KARATE,FUTEBOL, MÚSICA, BALÉ, TEATRO. ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA FISIOTERAPEUTA.. PODOLOGO . AULAS DE PERCUSSÃO, ALÉM DAS ESCOLHAS DE BATERIA MIRIME. QUE OCUPAM O TEMPO DESSAS CRIANÇAS AO INVÉS DE DEIXA-LOS NA RUA. ACHO QUE SE PREOCUPAR COM A SEGURANÇA DAS CRIANÇAS DURANTE O DESFILE É VÁLIDO AGORA PROIBIR É INACEITÁVEL.

    Minha opinião. PRONTO FALEI! 😀

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like