0

Notícia atualizada em

“Batuques para um rei coroado” foi o enredo apresentado pela escola de samba X-9 Paulistana, já na manhã deste sábado (22). A agremiação fechou a primeira noite dos desfiles do Grupo Especial de São Paulo. As fantasias e alegorias da vermelho, verde e branco não trouxeram sofisticação nos detalhes e os componentes encararam chuva fraca que caia por São Paulo.

De acordo com a direção da entidade, a apresentação fez uma viagem cultural pelo Brasil, contando um pouco da batucada de todas as regiões e religiões do país e o projeto foi desenvolvido pelo carnavalesco Pedro Magoo, que fez seu primeiro trabalho pela agremiação.

Fotos: Cidmara Formenton / Amantes do Carnaval de São Paulo

Nossa equipe presenciou diversas falhas cometidas pela agremiação. A segunda alegoria apresentou problemas em seu acoplamento e teve que ser carregado por dirigentes da escola. Algumas fantasias estavam danificadas e diversos componentes não cantavam o samba-enredo da escola.

Os compositores do samba são André Diniz, Arlindinho, Cláudio Russo, Márcio André Filho, Marcelo Rodrigues da Silva e Pê Santana. No ano passado, a comunidade a xis conquistou a décima colocação com uma homenagem ao cantor Arlindo Cruz.

 

Comentários do Facebook

Veja imagens do desfile oficial da X-9 Paulistana

Previous article

Vídeo: veja como foi a largada do desfile 2020 da Império de Casa Verde

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like