0

Por Gustavo Andrade
Com a colaboração de Felipe Cruz, Tiago Bombonatti, Guilherme Queiroz, Hugo Vicunha, Cidmara Formenton e Erich Marinho

Com 269,7 pontos, a Acadêmicos do Tatuapé leva o título inédito no carnaval paulistano, pelo Grupo Especial. Vice-campeã no ano passado, a escola da zona leste venceu no desempate. Em segundo lugar, ficou a Dragões da Real, que faltando apenas dois quesitos, dava sinais de que seria a campeã.

A apuração das notas das escolas de samba de São Paulo teve início às 16h20, pelo horário de Brasília. O presidente da Liga SP, Serginho, fez cumprimentos aos dirigentes das agremiações. Em seguida, foi dita a ordem da avaliação: fantasia, bateria, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, alegoria, evolução, enredo e samba enredo.

O terceiro jurado do quesito harmonia, Bruno Santos, deixou de dar a nota para a Unidos do Peruche. Conforme o regulamento 2017, quando isso ocorre, é atribuída a média aritmética obtida com os outros jurados. As frações de 0,05 são arredondadas para baixo, já aquelas a partir de 0,06 são arredondadas para cima.

O presidente Eduardo Santos falou com a imprensa. “Eu queria agradecer e abraçar cada um de nossos 2.700 componentes. Eles é que fazem a diferença, que fizeram o Tatuapé chegar onde chegou e vão continuar fazendo sempre o melhor”, disse emocionado.

Comentários do Facebook

Nota 10! Conheça a história do homem que causa suspense na apuração

Previous article

X-9 Paulistana e Independente Tricolor sobem para o Grupo Especial

Next article

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like